Open Government Partnership: a rede que une esforços para melhorar os serviços públicos

Open Government Partnership: a rede que une esforços para melhorar os serviços públicos

VII Reunião da Rede Nacional de Administração Aberta fez o balanço dos 8 Compromissos

A Rede Nacional de Administração Aberta realizou, hoje, a VII Reunião na sede da Agência para a Modernização Administrativa, e contou com a presença da Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, e dos seus membros.

A Rede visa garantir compromissos concretos dos governos para promover a transparência, fomentar a participação pública, combater a corrupção, utilizando as novas tecnologias para fortalecer a democracia participativa.

Nesta reunião foi feito o ponto de situação relativamente aos 8 Compromissos inscritos no I Plano de Ação Nacional de Administração Aberta, alargando o debate a outras temáticas que envolvem todo o processo de transição digital.

A agenda incidiu, também, na apresentação de ideias e sugestões tendo como ponto de partida o estado de desenvolvimento atual de cada Compromisso. 

 

Loja de Cidadão: a marca da proximidade chegou a Leiria e Mêda

Loja de Cidadão: a marca da proximidade chegou a Leiria e Mêda

Com a abertura da Loja de Cidadão de Leiria e Mêda a rede passa a contar com 58 lojas distribuídas pelo território nacional

Já de portas abertas ao público desde a passada segunda-feira, a Loja de Cidadão de Leiria foi oficialmente inaugurada. Está situada no centro histórico da cidade, no edifício do antigo Paço Episcopal.


A cerimónia de inauguração foi presidida pela Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão e contou com a presença do Vogal do Conselho Diretivo da AMA, Paulo Mauritti.

No piso zero da Loja está instalado o Espaço Cidadão que dispõe de um atendimento digital assistido, ao servir o munícipe de forma mais rápida e próxima, promovendo a literacia digital. No mesmo piso estão, também, instalados os balcões de atendimento do Instituto dos Registos e Notariado, Segurança Social e Autoridade Tributária. No piso 1, encontra-se uma equipa do Centro de Contacto da AMA.

Na região da Beira Alta, há uma vila num planalto com mais de 600 metros de altitude. É lá que mora a Loja de Cidadão de Mêda, que abriu ao público no dia 18 de dezembro de 2019. Localizada no Palácio da Justiça, a loja funciona de 2.ª a 6.ª feira das 09h00 às 16h00.


Com a abertura da Loja de Cidadão de Leiria e Mêda a rede passa a contar com 58 lojas distribuídas pelo território nacional, proporcionando comodidade aos cidadãos, ao permitir o tratamento de vários assuntos no mesmo local.

Já são conhecidos os vencedores do GovTech'19

Já são conhecidos os vencedores do GovTech'19

Pelo segundo ano consecutivo o GovTech premiou produtos e serviços inovadores, enquadrados nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas

Pelo segundo ano consecutivo o GovTech premiou produtos e serviços inovadores, enquadrados nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

O evento final decorreu no dia 18 de dezembro de 2019, naquele que será o Futuro Espaço Inovação, localizado na rua de Santa Marta, onde a Agência para a Modernização Administrativa vai erguer um centro de partilha, cocriação e demonstração do que melhor se faz na área da modernização administrativa no setor público, em Portugal.

Numa época em que os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são amplamente debatidos, a necessidade de envolver a sociedade civil, startups e Administração Pública para a criação de soluções sustentáveis que potenciem a melhoria da vida dos cidadãos.

E foi pela consciência de que há um planeta para preservar, que junta a tecnologia e o ambiente à preservação dos recursos e à partilha, que decorreu a 2.ª edição do GovTech, que contou com a participação de 54 projetos.

A seleção dos protótipos finalistas foi feita através de votação por tecnologia blockchain, entre 24 de julho e 13 de setembro, o júri e o público selecionaram os seis finalistas: MyNutriScan – O seu nutricionista digital no supermercado; Impact2Space – No espaço para melhorar a qualidade de vida na terra;  SIIP – Sistema Integrado de Informação Processual; ECO2Blocks – Pensando verde para construir o futuro; InovHealth – Uma ajuda para a melhoria da qualidade de vida, autonomia e autoestima e Clynx – Fisioterapia num ambiente de videojogo.

No evento final, os finalistas tiveram a oportunidade de apresentar os projetos e protótipos aos membros do júri, que no local votaram para eleger os três vencedores.

InovHealth foi o projeto mais votado desta edição. Com um dispositivo que irá transformar o dia-a-dia dos doentes colostomizados, inovando o modo de apresentação e manipulação, procurando contribuir para a melhoria da qualidade de vida, autonomia e autoestima dos doentes.

O segundo lugar foi atribuído ao projeto Impact2Space, que desenvolveu um produto para proteção de satélites, naves espaciais e outros equipamentos que viajam no espaço. Quando revestidos com o Impact2Space, equipamentos, como satélites, absorvem o choque e repelem o objeto, mantendo-se intactos e, assim, as comunicações não são interrompidas.

O terceiro projeto mais votado, Clynx, desenvolveu uma tecnologia que permite ao paciente realizar exercícios fisioterapêuticos num ambiente de videojogo, ao mesmo tempo que toda a progressão é disponibilizada ao paciente e ao profissional de saúde.

Os vencedores foram distinguidos com um prémio monetário de 30.000€, entregue pela Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, pelo Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres, pela Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Teresa Ribeiro e pela Secretária de Estado da Inovação e da Modernização, Fátima Fonseca.